Bloco novo

10.05.2005

Comecei um novo capítulo na minha vida. Comprei um bloco de notas novo e uma caneta nova, que por acaso, até tem um escrever muito agradável.
Sentei-me na esplanada do café perto de minha casa, pedi uma torrada e um chá preto; comecei de imediato a observar o ambiente à minha volta.
À minha esquerda senta-se um casal d eidosos, reparo no olhar apaixonado que existe entre eles. Estão numa fase da vida em que, provavelmente, já não sentem paixão um pelo outro, apenas se amam. Ao pensar nessa perspectiva começo a sentir que vou ser diferente na minha velhice, sinto que vou chegar a idoso acompanhado pela mulher que eu amo actualmente, mas com uma ligeira diferença; não vou apenas amá-la, será algo muito maior. Eu irei amá-la de paixão, tal como o sinto nos dias que correm. Pode-se perguntar o que é que me faz ter tanta certeza do que escrevo, e a resposta é simples, nem eu sei explicá-lo. É apenas algo que eu sinto, uma sentimento que tem uma força indescritível.

Peter

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *