São três da manhã

e está tudo bem.

Esta frase costumava ser apregoada pelas ruas de Londres durante a idade-média e tempos posteriores. Eram geralmente voluntários, pagos pelos donos das lojas da zona de modo a terem uma espécie de guarda-nocturno.

Não estou aqui no trabalho a apregoar as horas, mas faço algo parecido. A cada hora que passa tenho que retirar estatísticas de tráfego.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *