Manhã

A minha rotina matinal acabou de ser alterada. Acordei com um casaco de peles enrolado no meu braço, mal me levantei fui lambido e mordido e arranhado; fartei-me de rir e brincar com o meu bébé. Não, não me fartei, uma bolinha de pêlo daquelas não dá para fartar…

Enquanto eu cirandava pela casa, preparando as minhas coisas, roupa, pequeno almoço [meu e dele], aquele peluche corria atrás de mim sem parar. Soltava um miado eu pegava-lhe ao colo e tinha ron-ron instantâneo. Sentei-me uns minutos no sofá e ele entreve-se a morder-me os dedos; isto enquanto não lhe dava para atacar os “penduricalhos” das almofadas.

É curioso que todas as pessoas que sabem do meu bébé me dizem “agora é que vais ver o que os teus sofás vão sofrer”. Até parece que eu nunca tive um gato! Foram só quinze anos a tomar conta de uma fera. Credo, se é para encher conversa mais vale ficarem calados.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *