Pois…

A raiva que descrevi no post anterior já não está aqui. Ou melhor, está guardadinha, escrevi aquilo só para libertar tensão; estava a precisar daquilo. Se não apanhar o fdp que me estragou o carro [que é o mais provável], esqueço o assunto e sigo com a minha vida. É claro que se o apanhar a jeito, quase que ficarei com pena dele depois de acabar de me vingar.

Mas apenas quase.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *