O texto não tão curto.

Terei que ser rápido, tenho cerca de dez minutos para escrever aquilo que me vai na cabeça.
Portanto, aquilo que me vai pela cabeça, não é nada de complexo; é, na verdade muito simples. Tenho uma certa preocupação em relação a uma pessoa, é algo muito natural e inevitável. Esta minha preocupação não deve de modo algum ser motivo de preocupação da pessoa em questão. É uma preocupação que não se traduz em peso, ou melhor, em fardo; não representa esforço da minha parte.

Outros pensamentos que tenho, estão relacionados com a minha escrita. Estou a tentar recuperar a inspiração que tinha; sim, porque vontade de escrever não me falta. Tento encontrar assuntos sobre os quais posso escrever, divagar, dissertar ou simplesmente largar umas poucas palavras. Muitas vezes até encontro, mas como não os escrevo no meu bloco de notas, acabo por me esquecer deles.

Tenho andado também a pensar em mais coisas, mas essas são mais “burocráticas”, solução fácil e rápida, está tudo encaminhado, no entanto são pensamentos que me preenchem a mente.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *