Tabaco.

Entre os fumadores há quem tenha o hábito de bater o tabaco antes de abrir o maço. Há quem tenha o hábito de espancar o tabaco, há quem bata com o maço na mesa, outros na mão, até já vi quem batesse o tabaco na testa. Há quem abra o maço e retire apenas o plástico de cima, deixando a parte de baixo. Há quem retire tudo. Há quem retire até o selo que está na parte de trás do maço. Há quem escreva o nome no maço de tabaco. Há quem abra o maço e vire o primeiro cigarro ao contrário deixando-o para ser o último a ser fumado de modo a que peça um desejo nessa altura. Há quem puxe um pouco o plástico, lhe faça um furo com um cigarro aceso e enfie o selo enrolado nesse buraco, pegando-lhe fogo de seguida só para admirar o fumo a entrar para o plástico. Há quem acenda um cigarro com o anterior, há quem fume um cigarro de mês a mês, há quem parta os cigarros de quem está a fumar. Há quem não fume. Há quem fume apenas para ser social. Há quem fume apenas quando bebe. Há quem enrole cigarros. Há quem faça chá de tabaco. Há quem fique rabugento quando não fuma. Há de tudo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *