• by

Escrevo porque gosto, escrevo porque me apetece, escrevo porque exercito a mente e os dedos. Gosto de escerver no papel, gosto de escrever no computador, gosto de escrever com a mente apenas.
Comecei uma nova etapa neste blog que já vários endereços teve e vários nomes também. Já lá vão quase quatro anos desde que comecei a escrever aqui e muita coisa já aconteceu.
Repito-me ao escrever este texto, mas sinto a necessidade de re-escrever aquilo que já disse antes. Escrevo agora e desde sempre pelo puro prazer que a escrita me dá, pelo prazer que sinto ao ver os meus dedos a percorrer as teclas do teclado e ver as letras a aparecer no ecrã. Não permito aqui comentários, acho que não vale a pena. Quem quiser comentar, pode sempre fazê-lo para o e-mail.
Será uma questão de protecção ou de vergonha? Não, não é. Simplesmente não me apetece ter comentários no blog. Já passei por uma fase em que os comentários eram importantes para mim; mais importantes do que eu queria admitir. Mas isso retirava-me um pouco o prazer de ver a minha escrita. Como tal, aqui está um blog, cujo objectivo é única e exclusivamente satisfazer o meu gosto pela escrita.
Assim está e assim irá ficar… pelo menos até ao dia em que eu mudar de ideias. Sim, sou daquelas pessoas que muda de ideias muito facilmente, basta uma coisa deixar de me fazer sentido e eu mudo de ideias. And I like it. :o)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *