Caminho

Sei exactamente o que se passa comigo neste momento, identifico tudo aquilo que vive dentro de mim. Só não consigo exprimi-lo por palavras. Não consigo falar, não consigo escrever.
Começo a tentar descrever todos os meus sentimentos, começo a escrever a frase e fico logo sem palavras. Ouço música para tentar arranjar vocabulário para escrever e tudo se aplica ao que sinto mas nada o descreve na sua totalidade. Apago a frase e começo outra parando novamente a meio, mudo de música e recomeço a escrever e apago novamente.
Sei exactamente o que sinto e não sei como dizê-lo. Tenho apenas palvras soltas para descrever sentimentos isolados. O meu vocabulário é demasiado limitado. Será que enumerando todas as palavras que descrevem o que sinto dá para fazer algum tipo de nexo disto tudo? Posso sempre tentar:

Alegria, tristeza, saudades, falta, euforia, equilibrio, segurança, confiança, solidão, companhia, presença, entendimento, aceitação, amor, calor…

E isto é apenas aquilo que consigo identificar, há muito mais para além desta lista. Dou por mim a sorrir e a chorar ao mesmo tempo enquanto penso. Lágrimas percorrem-me a face e são apanhadas pelos meus lábios sorridentes e no entanto poderia dizer que são lágrimas de alegria e se calhar até não são. Estou num estado extremamente emocional e o mais bonito é que sei exactamente porquê e não tenho medo, nada… Não consigo ver nem prever o meu destino, consigo apenas desfrutar da minha viagem. Seja qual for o resultado, sentir-me assim faz-me sentir vivo; por muito que me possa, às vezes, custar e doer.

Sigo o meu caminho.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *