Sem sono

Cheguei a casa e deitei-me com o meu gato ao colo e numa questão de minutos adormeci. São agora dez para as duas da manhã e acordei completamente sem sono. Vai ser uma noite difícil, provavelmente com horas a tentar fazer algo para adormecer novamente ou simplesmente fazer algo para ocupar o tempo.

“Faz um exercício de silêncio” diz-me o meu outro eu. Em silêncio já eu estou desde que cheguei a casa, se falei com o gato já é muito.

  • Então e meditação?
  • É um a ideia, mas vamos meditar a noite toda?
  • E porque não?
  • Posso experimentar, no entanto apetece-me …
  • Apetece-te o quê?
  • Não sei. Apetece-me tudo e não me apetece nada.
  • Bom.. decide-te.
  • É isso mesmo. Apetece-me fazer tudo e ao mesmo tempo não me apetece fazer nada.

Há muito tempo que não me lembro de me sentir assim.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *