Aceitação

Pequenos toques e gestos que nos fazem sentir a voar, as partilhas que se fazem sem pedir nada em troca, as conversas que não terminam, os atropelos adoráveis de frases, os risos de piadas que poucos entendem, os olhares directos e de admiração, os aromas que se cheiram com o olfacto e os que se sentem com o coração. Um momento em que no meio de um abraço sentes uma cabeça encostar-se ao teu ombro e o teu coração dispara.

É todo um conjunto de coisas aparentemente pequenas mas que têm tanta importância. Coisas que muitos poderão não dar valor e que para mim são do melhor que pode haver no universo.

Não há pressões, não há nada que tenha que ser, tudo é possível, o destino é aquilo que nós encontramos no fim da viagem ou, se calhar, no meio dela.

A viagem, essa sim é para saborear, aproveitar ao máximo, fazer as coisas com consciência, com tranquilidade e sem espectativas e sem qualquer tipo de mágoa. Um simples aceitar das coisas como elas nos são oferecidas sem exigências ou cobranças de qualquer tipo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *