Portanto…

  • by

… às vezes há coisas que quando pensamos nelas ficamos quase sem pensamentos de sobra porque elas ocupam tanto na nossa cabeça que não há espaço para mais nada.

De vez em quando tenho coisas dessas na cabeça e há ainda outras vezes em que não tenho espaço para mais pensamentos porque tenho a minha cabeça cheia de nada. O que me leva a perguntar:

Afinal, o nada ocupa espaço ou não? Em algumas, se não todas as linguagens de programação, o zero não é igual ao null (nulo). O zero ocupa espaço enquanto algarismo que é, enquanto que o null não ocupa espaço uma vez que é vazio.

Posto isto, podemos encher a cabeça de um grande zero e está fica cheia, no entanto se enchermos a cabeça de nada ou de um vazio, está deveria continuar a ter espaço. Mas não é esse o caso. O próprio acto de não pensar é, em si, pensar. Estamos a pensar em nada ou no conceito de nada, ou mesmo pensar em não pensar em nada.

Paradoxo interessante.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *