Força nisso

Quando tentamos forçar algo, normalmente não sai bem. Principalmente algo que envolva a criatividade.

Por exemplo, tentar escrever algo quando não temos inspiração para encontrar assunto de escrita, geralmente resulta em não conseguirmos escrever nada ou o que escrevemos não fica nada de jeito.

Neste preciso momento estou com uma pequena crise se inspiração, no entanto até estou a escrever.

Certo, não está a sair nada de jeito, mas mesmo assim ainda estou a escrever.

Por vezes, o que acontece é não termos assunto de escrita mas começamos a escrever na mesma. Apenas aquilo que nós vai na alma. E por vezes, isso acaba por evoluir e transformar-se em algo de jeito.

É tudo uma questão de começarmos a escrever simplesmente por escrever, sem qualquer assunto significativo e eventualmente as ideias começam a formar-se e as palavras começam a fluir para o papel.

Interrompi esta crónica para ir a uma aula de yoga. Quando comecei a escrever isto tinha a cabeça a todo o gás, agora está muito mais calma… Aparentemente.

Na verdade estou a ter grandes conversas comigo próprio. Discuto ideias e sentimentos, o que fazer sobre isso, como reagir ou agir. Faço perguntas, forneço as respostas, repito as perguntas e dou novas resposta, ou por vezes a mesma resposta.

É um exercício interessante.