Sentimentos

  • by

Ainda vou sentindo alguma tristeza pelo caminho… De vez em quando sinto umas saudades que persistem agarradas a mim e é difícil libertar-me delas. Vou na rua a ver montras ou a fazer compras e reparo em algo que me faz pensar nela. É um pensamento imediato e quase inesperado: vejo algo numa loja e penso “ela era capaz de gostar disto”. E de repente vem a dor, a mágoa, a tristeza por tudo o que se passou.

Tenho amigos que me dizem que não é bom entrar nesta “fossa”, que é preciso sair disto. No entanto eu acho que não se trata de nada disso. É uma ferida profunda que precisa de ser curada, uma perda da qual tenho que fazer o luto e sentir a tristeza ajuda-me nesse processo. Eu não posso ignorar o que sinto só porque “tenho que sair disto”, não me faz bem… aliás quanto mais tento resistir mais forte isto fica, mais importância dou.

Limito-me a sentir a tristeza, deixá-la passar por mim e curar as minhas feridas até, eventualmente, um dia… deixar de sentir esta dor, estas saudades… Quero deixar de sentir falta de quem não sente a minha falta.

Não… não é verdade. Eu não sei se ela não sente a minha falta. Olhando de uma perspectiva puramente racional eu não faço a mínima ideia do que é que ela sente. Eu mudo… Quero deixar de sentir falta dela… Esse dia aproxima-se.