Filosoficamente

  • by

Várias vezes tenho as minhas dúvidas existênciais. Faço perguntas a mim próprio que me levam a pensar em coisas que me preocupam ou que de algum modo me ocupam a mente.

Tenho questões sobre os mais variados assuntos, incluindo profissionais, como por exemplo: qual é a utilidade do que eu faço no meu trabalho? A verdade é muito mais simples do que parece. O que faço não tem qualquer utilidade prática.

Outras questões estão mais relacionadas com o foro emocional. Perguntas como porquê, como, etc.

Tenho uma mente até muito organizada, diria até, limpa, no entanto, é difícil escrever de forma coerente. Emocionalmente estou tranquilo e arrumado, sei o que sinto e como sinto.

Apesar de toda esta organização mental e consciência emocional ainda há muita confusão aqui dentro.

Isto não é algo que me preocupei, afinal de contas gosto de mim tal e qual como sou e como estou.

And yet…